Neurometria Funcional


Treinamento Comportamental Computadorizado, conheça um pouco mais acessando o link abaixo:

Profissionais >>

Pacientes >>




neurometria_funcional

Muitas doenças modernas são resultados de disfunções neurobiológicas, bem como os atuais problemas de comportamento e estilo de vida. Dessa forma, não podemos depender apenas dos medicamentos.


Está cada vez mais complexo definirmos o estado real e ideal do Equilíbrio. É recorrente nos depararmos com exigências, mudanças e níveis de estresse (físico/emocional). Para sanar tal inconstância e para que sejamos conduzidos à realização de nossos objetivos, é imprescindível atingir o ponto desse Equilíbrio.

Afastar o desequilíbrio é fundamental. Não podemos ser surpreendidos por mudanças repentinas em nossas faculdades psicológicas e corporais. Isso nos prejudica em tomadas de decisões, realizações de experimentos e controle das emoções.

Atualmente, a tecnologia associada às técnicas físicas e comportamentais mostra-se grande aliada dos profissionais que lidam com o desenvolvimento da Excelência e a Alta Performance Pessoal e Profissional.

Com a neurometria funcional e o Neuro-PNL, é possível avaliar, comprovar e definir (em tempo real) um tratamento realizado pelo próprio profissional perante os seus clientes através de softwares modernos e precisos. Essa eficiência está demonstrada pela pesquisa científica abaixo, realizada com 6 mil executivos das maiores empresas do mundo, que experimentaram as técnicas dessa nova fase do desenvolvimento humano. Os números a seguir foram registrados num período de apenas um mês de treinamento:

infográfico_neurometria_funcional

Aula de Neurometria Funcional

“O comportamento do ser humano só pode ser entendido pela análise do seu todo,
pela análise da dinâmica de suas partes, mente e corpo.”

A função da neurometria é mensurar as reações neurofisiológicas e cerebrais que ocorrem no organismo, baseando-se na variabilidade do Sistema Nervoso Autonômico. Segundo a Sociedade Brasileira de Neurometria Funcional, o termo NEURO-PNL é a associação da aplicação prática do sistema nervoso na tela do computador em conjunto com técnicas e ferramentas da programação neurolinguística. Isso amplifica significativamente a eficiência e o resultado, abrindo novas fronteiras e possibilidades no desenvolvimento do comportamento humano. Ampliar a percepção e mudar sinapses cerebrais são os pontos em que a NEURO-PNL se evidencia como ferramenta única e exclusiva para maximizar a performance pessoal e profissional.


Software e Equipamentos

 

caixa_neurometria

 Sistema de Neurometria Funcional

 Sensor de neurometria encefálica

 Sensor de controle de ansiedade

 Sensor de resposta fisiológica

Sensor de variabilidade cardíaca

Sensor de respiração funcional

 Sensor de Biomigrafia

Sistema de Neurofeedback em 3D.
Movimento e gire o cérebro em todas as posições e em tempo real.

Saiba Mais

Protocolos, Benefícios  e Treinamentos do Aparelho:


Análise do
Sistema
Nervoso

Análise do Controle de Ansiedade

Análise da Fisiologia do Sono Indutiva


Análise da Variabilidade Emocional

Análise da Frequência
Respiratória

Análise da Coerência Cardíaca

Análise do
Treinamento
Muscular

Análise da Capacidade Respiratória

Análise da Resposta Fisiológica


Análise da Variabilidade Cardíaca

Análise Funcional do Fitness – Saúde e Esporte

Metodologia e outras informações:

A Neurometria Funcional é uma metodologia multimodal que atua no campo interdisciplinar da Medicina, das Ciências do Comportamento, Qualidade de Vida e Performance Pessoal. Cada profissional pode utilizar sua expertise dentro de sua metodologia e associar a Neurometria para – continue lendo…

Como a Neurometria utiliza diversas metodologias, ela pode e deve ser utilizada por todos os profissionais da Área da Saúde, Educação, Esporte e Performance Pessoal (coaching e PNL). Ela apresenta uma abordagem de suma importância, principalmente considerando-se a relação –  continue lendo…

Num experimento científico realizado com cerca de 4.000 executivos em apenas um mês de treinamento, a queda na pressão sanguínea representou um índice igual ao que seria esperado se tivessem perdido dez quilos em um regime, e foi duas vezes maior do que feito uma dieta livre de –  continue lendo…